Conselho

Eaí meninas, tudo bem?

Hoje vamos inaugurar a primeira tag desse blog: conselhos. Dei a ideia no grupo oficial no Face e pareceu boa, de início darei conselhos sobre namoros e relacionamentos (ou sobre o fim deles) mas podem perguntar sobre qualquer coisa, já que várias vezes dei minha opinião masculina no grupo do DDQ.

lais pico

Pra começar então, vamos ler a história de uma leitora:

“Bom, hoje foi o primeiro dia de aula. E ele estava lá, eu nem queria lembrar que ele existia, isso já me causou várias frustrações, afinal já fazem 6 anos que eu gosto dele.

Na verdade, sempre me questiono se eu realmente gosto dele. Até que ponto eu sei que é só uma atração? Me lembro até hoje como foi o nosso último beijo, foi bom, intenso, e na formatura da escola. Ele me agarrou, mas depois me senti usada como uma ” aposta ”. Será que eu fui fácil?

Enfim, na escola acho que sem querer eu trollei ele hoje. Eu nem sabia que ele iria pra escola, muito menos que tinha passado de ano… Eu vi ele chegando e vi uma garota que era minha amiga, logo que ela me viu ela foi me cumprimentar, e nós passamos por ele e eu fiz questão de ignorar ele.

Não sei se seria certo cumprimentar ele depois daquela foto que ele pagou de ” bonzão ” aonde no fundo a gente tava se beijando. Mas evitei, ele me olhou, eu percebi .

Depois na troca de aula, ele tava na metade do corredor e meu amigo no final. Novamente ele me viu,e e fui na direção do meu amigo, e ele olhou de novo, e de quebra ainda fiz questão de falar ” Oi,que saudade de você ! ”. E abracei meu amigo.

Não que eu seja afim do meu amigo, mas a gente tem intimidade pra se abraçar, mas nada além do que abraços simples de bons amigos. E eu jamais me envolveria com o meu amigo, por que ele namora a minha amiga.

Mas eu sei que a qualquer momento ele vai correr atrás. Mas e ai ? Foi certo o que eu fiz ? . Dizem que só um novo amor pra curar outro..mas né .”

L.P. 16 anos, Sorocaba – SP

 

 

Seis anos você gosta desse cara? É um bom tempo… Só você pode dizer se realmente gosta dele ou se é só atração. Esse beijo que vocês deram na formatura me parece ter significado muito mais pra você que pra ele, bem capaz de pra ele ter sido uma aposta e valer só como mais uma. Não diria que você foi “fácil”, pois não é de hoje que você é afim dele, mas espero mesmo que você “fosse” afim dele.

Como vocês vão se ver agora na escola e não tem jeito, acho melhor você ser educada e pelo menos cumprimentar ele, já que vocês não são estranhos um pro outro, e essa de ficar sem se falar só fica alimentando essa dúvida/sentimento que você tem.

O ideal agora é deixar o ano começar e ir se afastando dele, não dessa maneira brusca ao ponto de não se falarem, mas ir se afastando com o tempo, não andando com o mesmo grupo de amigos dele.

Mesmo que você goste dele, pelo jeito o contrário não é válido. Então deixa esse cara de lado.

Sobre o ditado “Só um amor pra curar outro amor”, eu gosto muito dele mas ainda não sei se é verdade.

Quanto terminei meu namoro (eu né?) achei que ficar com outras garotas seria uma solução pra esquecê-la, resolvia na hora, e teve uma que eu tinha uma “história” que ficar só me atrapalhou a vida e me fez ficar até pior.

Desde o fim, ainda não acho que estou 100% bem, estou 99%. Acredito que só vou ficar completo de novo quando encontrar não só um “outro” amor, mas sim “o” amor da minha vida.

 

 

 

E vocês, acham que L.P. tá certa? Tem algum conselho para ela? Deixe aqui nos comentários.

Precisa de algum conselho? Quer saber o que os homens pensam? Envie sua história para lucasdeoliveira.92@hotmail.com =)

Pra quem ainda não conhece, participe do grupo no Face (MNC) e curtam a página.

Beijos garotas, até a próxima 😉

Fotos

O que fazer quando um namoro acaba ficam aquelas centenas de fotos?

Fotos que incomodam, machucam, te lembram um passado (ás vezes recente) e te joga na cara que esta não é mais a realidade… e você daria de tudo pra voltar no exato momento daquela foto.

Quando ela se foi decidi excluir as fotos com ela, comecei no Facebook e depois as do pc, por último apaguei as do celular. Não tenho mural de fotos e percebi que meu “rasgar as fotos” foi deletar todas elas, todas.

Foi difícil ver as fotos depois do fim porque ninguém tira foto num momento triste, e todas as fotos abraçando, sorrindo, datas especias, na hora daquele clic parecia que aquela felicidade seria eterna. Por que não pode ser assim?

Não apaguei as fotos de primeira, apenas juntei todas numa pasta e pensei que se apagasse não teria com recuperar. Uma amiga me aconselhou a guarda-lás pois no futuro não sentiria mais nada por ela e as fotos ficariam como boas lembranças, não achei uma boa ideia.

As fotos eram lindas, mas todo sofrimento que passei me fez nunca mais querer vê-la de novo, nem por foto. Isso não é birra e nem infantilidade, só acho que é melhor assim; explico em outro post.

Logo após o término continuamos amigos no Face, e continuar amigo era a pior coisa que podia fazer comigo mesmo. Dá pra se imaginar chorando por alguém que te largou e quando você resolver entrar domingo no pc vê fotos dessa pessoa mais feliz do que nunca na balada?

Pior que as fotos que eu tinha salvo, essas novas não tinha como suportar.  =(

Já viram “batalha” de fotos entre ex-namorados no face? Quando ambos ficam colocando fotos de rolês pra mostrarem que não estão tristes, que tão melhor do que nunca. Foi o que meus amigos aconselharam, mas não ia ficar com esse briguinha ridícula.

Pra provar que toda situação que vivi teve uma música que coube perfeitamente vejam a letra dessa do Victor e Leo:

Joguei fora fotos de nós dois
Reviver você não me faz bem
Nem vai me trazer o que já foi
Você mudou muito e eu também

Já rasguei as fotos mas em pensamento
Guardo cópias do seu beijo e solidão

Beijos meninas.

Meninos não choram.

Um dia conheci a garota dos meus sonhos, me apaixonei e o mundo a minha volta ficou completamente diferente, tudo era mais bonito e eu adorava a sensação.

No começo tudo era novidade, ainda mais sendo a minha primeira namorada, e depois de um tempo queria que ela fosse a minha primeira e única namorada.

Minha vida virou outra, deixei de andar um pouco com seus amigos, eles sentiram falta mas nem me importei; deixei de pensar no que faria no final de semana para pensar no que faríamos.

Passamos horas conversando, rindo, fazendo planos. Não se tem muitas certezas na vida, mas a única que tinha era que queria essa garota incrível do meu lado para o resto da vida, e como era jovem, era animador que meu “resto” de vida seja bem grande.

Há quanto tempo e quantos escritores já escreveram sobre amor? Muitos, mas nenhum deles conseguiu encontrar as palavras certas, porque quando você perceber que ama ela não haverá palavras em língua nenhuma para que você possa se expressar, você apenas sentirá e saberá se ela sente o mesmo.

275988_Papel-de-Parede-Crepusculo-Edward-e-Bella_1600x900

Nenhum homem entendeu ou entenderá as mulheres um dia. Elas são imprevisíveis, incompreensíveis e chegam num ponto que são até cruéis.

Um dia eu amei essa garota. Ela foi meu mundo. Não imaginava mais seu futuro sem ela.

Mas para ela nada disso importou.

Ela se cansou disso “tudo”, achou que não dava mais, nem deu uma justificativa, um motivo ou alguma razão.

Se foi sem arrependimento e sem olhar pra trás, deixando meu coração em pedaços.

Foi nessa hora que precisei ser forte, que minha vida tomou um rumo diferente e que eu sabia que tempos (muito) difíceis estavam por vir. É nessa hora que começa esse blog.

Meninos não choram, será mesmo?